ACESSE

Agamenon: afrouxamento generalizado

Telegram

O Brasil é um país maluco. Aqui os bares e botequins reabrem antes dos hospitais de campanha serem inaugurados. Também pudera. Se, em vez de ventiladores e antibióticos, os hospitais servissem cafezinho, pinga e moela de tira-gosto, seriam considerados atividade essencial e já estariam funcionando.

Na onda do relaxamento, minha patroa, a Isaura, também resolveu flexibilizar a quarentena. A angustiada criatura já estava subindo pelas paredes como uma lagartixa do Nelson Rodrigues. Por isso mesmo, comunicou aos clientes que, em desrespeito à Justiça, vai estar aberta de segunda a domingo, das 10h às 20h. Naturalmente, respeitando o distanciamento sexual regular (20 centímetros, no mínimo). O atendimento oral só será feito de máscara.

Mas nem todo mundo se acostuma à cultura nacional. Tem gente querendo fugir para a Venezuela em busca de uma vida melhor. Os mais abonados estão fazendo reserva no próximo foguete particular da Space X. Nenhum país do mundo aceita mais receber brasileiro. Nem a Bolívia, nem o Paraguai. A única alternativa é o espaço sideral. Esta é a nossa realidade: o Brasil caiu para a terceira divisão. Terceira divisão de cavalaria blindada reto-propulsada.

O descontentamento com o governo de É Bom Jair Renunciando Bolsossauro só aumenta. Igualzinho minhas dívidas. Até mesmo o “filhósofo” EunãOlavo Meu Carvalho, em comunicado oficial na internet, mandou o presidente Jair introduzindo uma pontuda medalha em local escuro e remoto da sua anatomia. Onabo de Carvalho ignorou o fato de que o chefe da nação brasileira padece de hemorroidas, como vimos naquela reunião presidencial. Essa moléstia insidiosa e dolorosa (que nem a cloroquina é capaz de curar) perturba o raciocínio do presidente. No exercício de sua liberdade de excreção, o Mito Supremo da Nação passa o dia sentado numa boia de borracha. E Brasília não tem mar. Só Gilmar.

Pensando bem: e se o Olavo do Car#@$$%*&alho tiver razão? Para ele, o presidanta Jair Bolchevique é um filha da p#!*** comunista disfarçado, infiltrado em Brasília, porra! Boçalnaro está aprontando essa confusão para o povo achar que era melhor com o Lula, o PT e aquela roubalheira toda, cara$%ˆ&*#@$lho. Aliás, aproveitem e enfiem esse meu raciocínio de mer#$%da no c*&ˆ%%$#u, junto com a medalha!

Para mudar a maré nesse tsunami de impopularidade, o presidente proibiu a Globo de divulgar as estatísticas da pandemia, de apresentar a previsão do tempo e os resultados do Brasileirão. O dono da Havan já avisou que, em caso de golpe militar, vai promover uma liquidação arrasadora, começando pela minha pessoa. Tudo na promoção! Só até sábado! À vista ou no cartão, em 20 vezes sem juros. Aí, sim, a coisa vai de mal a pior.

Para aumentar a Hora do Pesadelo (um filme que se transformou em reality 24 horas), um bolsonarista maluco (pleonasmo!) de carteirinha vencida entrou na Globo e ameaçou uma repórter com uma arma. O tiro saiu pela culatra: a Globo se recusou a contratá-lo, e ele agora vai tentar a Record ou o SBT.

Agamenon Mendes Pedreira é pacifista eterno enquanto duro

Leia mais: Quem são os atravessadores que ganham com a pandemia

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários