Agamenon: BBBolsonaro no Paredão

Agamenon: BBBolsonaro no Paredão
Agamenon/O Antagonista

A Karol KonKY vazou do BBB (Big Boninho Brasil), para alegria de 99,9% dos brasileiros. Karol marcou presença se mostrando “uma pessoa” antipática, agressiva, falsa e mentirosa, mas, infelizmente, Karol também tem alguns defeitos. Karol se deu mal – perdeu todos os seus contratos, trabalhos, milhões de seguidores e não vai concorrer à Presidência da República em 2022.

Quando já se preparava para sair da História e entrar no Ostracismo, a rapper rejeitada recebeu um convite para ser porta-voz do governo porque Jair BolsoNada é seu fã de carteirinha. Carteirinha de Reservista, é claro. Assim como a sister, Bolsonaro é um sujeito mal-educado, grosso, estúpido, ignorante, mau-caráter e paranoico, mas, infelizmente, também tem alguns defeitos. Bolsossauro também foi eliminado no paredão do BBB, Big Brother Batalhão, um reality do Exército.

Eliminado do Exército, BolsoNero virou uma semicelebridade e resolveu entrar para a política, onde se ganha mais (sem trabalhar) e pode-se roubar sem ser preso. A única diferença é que no Big Brother Brasília só tem paredão de 4 em 4 anos.

Se o Palácio do Alvorada (a casa menos vigiada do Brasil) tivesse câmeras 24 horas, como no BBB, todos os brasileiros poderiam assistir ao presidente pelado no banheiro e constatar que ele é um sujeito de pavio curto. Por não ter a grandeza dos estadistas, Bolsonaro tenta compensar o seu complexo de inferioridade com a obsessão por armas. Mais especificamente por pistolas de cano comprido e grosso calibre. Sem falar nas latas de leite condensado, é claro.

Jair Bolsoasno está cada vez mais Maduro pra virar o Chávez. No caso, o Hugo Chávez. Usando o seu cartão de crédito corporativo, o presidente Bolsobozo comprou o Centrão numa promoção da Havan em 24 prestações sem juros. Depois, como uma Dilma de saias, resolveu se meter na Petrobras, empresa líder mundial em negociatas profundas. Tudo isso porque o nosso líder máximo fez um acordo secreto com os caminhoneiros: vocês não param tudo que eu me comprometo a continuar não fazendo nada. Se eu fosse a Primeira-Dona, mandava logo o marido pra revisão porque a bateria arriou e ele precisa de uma chupeta. Ou, quem sabe, trocar o óleo.

Se você está achando tudo uma bosta, procure ver o lado bom das coisas porque vai ficar ainda pior! Além do mais, nós, brasileiros, somos fãs de um reality e adoramos acompanhar as tretas do Big Brasília Brasília, esta terra do faz-de-conta: faz de conta que trabalham, faz de conta que são honestos e faz de conta que vão tirar o país do buraco.

Eu continuo aqui na fila da vacina da Pfizer que imuniza contra a Covid e deixa você com o p*#%!!*au duro. Mas está faltando vacina e eu agora vou tentar pegar o meu auxílio-pandemia e, pra evitar a burocracia, já tirei até meu atestado de óbito. Em vez de reclamar da irrisória quantia, não se deixe abater por tão pouco e lembre que as nossas instituições estão funcionando: as autoridades continuam roubando, os empresários subornando, os guardas levando uma cervejinha, os motoristas cruzando sinal vermelho e o cidadão jogando lixo no chão.

Agamenon Mendes Pedreira é coach do Bolsonaro.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO