Bolsonaro critica financiamento da Petrobras à cultura

Enquanto Jair Bolsonaro segue internado no Albert Einstein, seu perfil oficial no Twitter criticou o financiamento estatal da cultura no Brasil.

O presidente escreveu que, embora “reconheça o valor da cultura e a necessidade de incentivá-la”, o financiamento das atividades culturais “não deve estar a cargo de uma petrolífera estatal”.

“A soma dos patrocínios dos últimos anos passa de R$ 3 BILHÕES”, tuitou o presidente, que disse ainda ter determinado a reavaliação de contratos e afirmou que o Estado “tem maiores prioridades”.

Qualquer descuido pode atrapalhar os planos do governo e levar a esquerda novamente ao poder. Veja aqui!

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

    1. A Petrobras irá investir em ciência e tecnologia, para crianças carentes nas regiões onde atua, Bolsonaro arrasou novamente !!! Chora petralha.

Ler mais 70 comentários
    1. A Petrobras irá investir em ciência e tecnologia, para crianças carentes nas regiões onde atua, Bolsonaro arrasou novamente !!! Chora petralha.

  1. Mesmo com o pé na cova, pneumonia, o homem arranja tempo para agredir a cultura. O que será de um país que não sabe o valor da própria cultura? Nem isso ele aprendeu com os americanos…

    1. Hei man, cultura é domínio. Foi a ferramenta da esquerda para criar massa de militontos que amam mortadela. Não tem recuperação. Aguardemos as novas gerações com influência adequadas à direit

  2. Tanta escola sem biblioteca, sem um parque digno para as crianças brincarem! Os livros escolares são sem graça, não animam ninguém a estudar. Muitas Universidades estão todas destruídas!

    1. As instalações de muitas Universidade são insalubres. É só circular pela UFRJ para ter uma ideia do abandono. As escolas públicas, nem se fala! É necessário resgatar a vontade de aprender!

  3. Enquanto isso, Bolsonaro segue com o seu plano de esvaziar o ministério do meio ambiente e as fiscalizações estatais pq segundo o Paulo Guedes isso não seria interessante ao mercado.

  4. Que a cultuva se financie com dinheiro próprio . Inaugura no Brasil a rede www.direitasemcensura.com.br, que garante que a sua página nunca será excluída, e que as suas opiniões não serão censu

  5. Nossa, se a Educação contasse com uma verba assim! As pobres escolas públicas não têm nem caixa d’agua. Quando chega o período de escassez de água, as aulas são interrompidas por causa disso

  6. Se cultura e um monte de b..tá que já financiaram e melhor deixar quem tem competência fazer e pagar do bolso, Bolsonaro precisa sair logo do hospital e pegar firme na direção do governo

    1. Na verdade a “cultura” eh dar dinheiro para comprar artistas que protegerao os petistas de qualquer coisa e farao campanha para os mesmos. Mesmo destruindo o brasil com os bolsos cheios eles apoiam

  7. Eu acho que nem países rico gasta tanto dinheiro em cultura, porque um país quebrado como o Brasil, com um deficit gigantesco, tem de investir em cultura? Quando o país sair da crise, até concordo

  8. Por uma questão de transparência, poderia informar todos os patrocínios e os valores gastos em cada um. O Gov. deveria investigar tbm a contratação de atores para propaganda institucional da PTB.

  9. Foi bom twittar até para mostrar presença. Que ele é contra o financiamento cultural por empresas estatais, deixou claro na campanha. Só admite auxílio tributário para novos artistas.