ACESSE

Bolsonaro sanciona 'coronavoucher da cultura'

Telegram

Jair Bolsonaro sancionou nesta segunda-feira (29) projeto de lei que destina R$ 3 bilhões para o setor cultural –afetado, como toda a economia, pela pandemia do novo coronavírus.

A lei –que ganhou o nome do compositor Aldir Blanc, morto no início do mês passado— é uma espécie de “coronavoucher da cultura”. Ela prevê que trabalhadores informais, espaços artísticos e cooperativas culturais recebam uma renda emergencial de R$ 600, em três parcelas mensais.

A medida determina o repasse dos R$ 3 bilhões a estados e municípios e ainda deve ser publicada em uma edição extra do Diário Oficial.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • Aparecida -

    Parece que ele tem uma "fábrica" de dinheiro, está generoso, fazendo caridade com o nosso dinheiro, traidor, mais do mesmo!

  • Jurandir -

    Mesmo que necessário tem que ter um controle muito rígido porque não tem almoço grátis, quem trabalha tá pagando essa conta

  • Marcia -

    Eu quero saber da onde está saindo tanto dinheiro...jorrando para todos os lados. A conta será muito cara.

Ler 23 comentários