ACESSE

Bono quer tomar o lugar de Roger Waters

Telegram

Bono, da banda U2, ironizou a vitória de Jair Bolsonaro durante um show em Belfast, na noite de ontem.

Ele interpretou o personagem demoníaco MacPhisto para comentar os acontecimentos da política internacional e criticar Donald Trump, o filipino Rodrigo Duterte e Bolsonaro, registra a Veja.

“Estão olhando o quê, Belfast? Nunca viram um político antes? Os demônios MacPhisto estão tomando todo o globo: meu tipo de pessoa, como o Donald, fazendo a América odiar de novo. E meu menino bonito filipino, Rodrigo Duterte.”

E mais:

“Duzentos milhões de pessoas prestes a ter seu carnaval transformado numa parada militar por um homem chamado capitão Bossa Nova. Bolsonaro, não esqueçam o nome. Muitos nomes, mas apenas um rosto. O meu. Lembrem-se, Belfast. É quando vocês acreditam que eu não existo, que faço meu trabalho melhor.”

Você precisa entender o governo Bolsonaro. Mas não conte com a grande imprensa. Leia AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 354 comentários