Brodsky e Miss Bumbum

É chocante passar de Miss Bumbum a Joseph Brodsky.

Mas é exatamente essa a proposta da Biblioteca Antagonista: analisar os aspectos mais ordinários do presente usando os pensadores mais elevados.

Neste e-book, reunimos dois discursos de Joseph Brodsky: “Sobre o Exílio” e “Do Exílio”.

São imperdíveis.

Se quiser comprar, clique aqui, por favor.

14 comentários

  1. Quando FHC passou o governo para Lula a divida interna era de aproximadamente 600 bilhões, hoje ele está em torno de 3 trilhões, ou seja um aumento de 2,4 trilhões, pergunto, em que foi gasto esse dinheiro todo, num período em que o governo tinha recordes de arrecadação? Foi muito dinheiro para pouca coisa, porque não se faz uma auditoria para apurar isso?

  2. Não sei não… esse Paulo Rabello chegando cheio de máximas, frases prontas, até com um certo humor… não transparece a seriedade que precisamos nesse momento. Não da pra vir com meia dúzia de frases marketeiras, não é isso que o Brasil quer mais. Prefiro até a atitude do Mantega, clara, dizendo que não quer entrar no barco que já não tem mais como salvar. É triste mas é real. Gostaria de um ministro que viesse com pontos diretos e objetiveos, sem metáfora de gripe e pneumonia, do rio sem ponte, de piadinhas. Pega o problema e chama exatamente do que ele é. Primeiro paço é aceitar a realidade

  3. Finalmente apareceu alguem que nao tem medo de dizer a verdade. Eh disso que precisamos e o Temer que faca a politica necessaria. Desde quando, a turma do Plano Real que conseguiu privatizar algumas empresas e aprovar a Lei de Responsabilidade fiscal, foi politica? Politico foi o FHC.

  4. Se dependesse do meu endosso esse cara já estaria confirmado p/o posto. Mas esse diagnóstico do impeachment está errado. Impeachment é consequência dos crimes praticados aos montes e de tal gravidade q colocaram em cheque a nossa democracia e quase jogaram por terra o Estado de Direito. Vivemos um teatro de democracia e uma farsa de Estado de Direito. O juiz Moro desnudou a farsa jurídica e a consequência foi a derrubada do cenário do palco em q se desenrolava a peça farsesca da democracia.

  5. O Brasil é um país que sempre preferiu provocar demissões em massa no setor privado a enxugar a máquina pública. Ninguém ousa mexer nessa quimera. Sempre se esquivam desse problema crônico aumentando a carga tributária, a informalidade e o endividamento. E vamos ficando cada vez mais pobres, mais incapazes de inovar e produzir riqueza…Muito triste a sina do Brasil.

  6. Se o Pailo Rabello piorar muito e até fizer algumas besteiras, ainda assim será melhor que Nelson Barbosa e sua chefe-mor

  7. Paulo Rabello foi aluno do Nobel de economia Milton Friedman, entre outros nobeis, sabe muito bem o que diz. O Programa Brasil Eficiente é uma das raras iniciativas de valor neste país. Fala muito porque sabe demais, e no Brasil, ser inteligente incomoda os incapazes.

  8. Vai enchendo a bola desse cara!!! O antagonista não sabe o mal que esta fazendo!!!! ESSE CARA NÃO É REFORMISTA!!!! Ele tá mais para um IDEALISTA!!! VCS QUEREM TÉCNICOS CAPACITADOS…TEM UM MONTE NO TESOURO NACIONAL!!!! Precisamos de reformas…e reformas se fazem com políticos!!! PRECISAMOS DE UMA CARA QUE TENHA ACESSO AO C.N.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.