Cantor Belo é preso por show em favela do Rio durante pandemia

Cantor Belo é preso por show em favela do Rio durante pandemia
Foto: Reprodução, Facebook/Cantor Belo

O cantor Belo, de 46 anos, foi preso nesta quarta-feira (17) pela Delegacia de Combate às Drogas da Polícia Civil do Rio de Janeiro, durante a operação ”É o que eu mereço” —título de um dos sucessos do pagodeiro.

Belo é investigado pela realização de um show em uma escola pública no Complexo da Maré, na zona norte do Rio, durante a pandemia da Covid-19, sem autorização da Secretaria de Educação fluminense.

Segundo o site F5, a apresentação começou na noite de sexta (12) e se estendeu ao longo da madrugada de sábado (13). A polícia investiga também a invasão à escola. Foram cumpridos outros quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão.

O delegado Gustavo de Mello de Castro, que comandou a operação, disse que “o evento aconteceu na comunidade onde uma das maiores organizações criminosas do Rio de Janeiro atua”.

Para Castro, o show de Belo configura “esbulho de um prédio público para a realização de um evento privado, (…) que serviu para propagar ainda mais a doença viral”.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO