Chamou artistas de “vagabundos” e foi ao cinema

Glória Pires, Letícia Sabatella, Orlando Morais, Sônia Braga e Wagner Moura entraram com queixa-crime contra o deputado Wladimir Costa, o da tatuagem, porque ele disse que os artistas eram “vagabundos” que defendiam a Lei Rouanet…

Raquel Dodge, no entanto, deu parecer contrário ao recebimento da queixa-crime:

“As expressões tidas por ofensivas, mesmo que exageradas de modo a obter maior visibilidade política junto ao seu nicho eleitoral, estão relacionadas ao exercício do mandato parlamentar.”

Wladimir Costa agora pode dizer que chamou os artistas de “vagabundos” e foi ao cinema.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 75 comentários
    1. Pois a mim não divertem não, principalmente por saber que só durante o governo do PT receberam mais de R$7 bilhões, que poderia ter sido aplicado em segurança ou saúde.

  1. Para isso – e somente para isso – deveria servir a “imunidade parlamentar”. pois um parlamentar que não puder falar o que pensa não presta para nada. Dar provimento a um mandato de segurança como este pretendido pelos artistas- que não são vagabundos de modo nenhum, mas apenas lavados cerebrais ideologicamente pelo socialismo – seria realmente “pra lamentar”…

  2. Mas esses “artistas” têm mesmo feito a maior farra com os recursos da Lei Rouanet. Dinheiro que poderia estar sendo utilizado na educação, saúde e segurança do povo brasileiro. Esse dinheiro da farra deles, também é MEU! É parte do imenso percentual que pago de impostos…. é dinheiro do contribuinte brasileiro.

  3. Façam uma pesquisa no Brasil, uma consulta popular com a seguinte pergunta:
    “Você cidadão brasileiro prefere recursos públicos investidos em Lei Rouanet, recursos públicos para leis de incentivos culturais ou prefere que esses recursos sejam todos canalizados para a segurança pública, para a compra de armas para equipar as PMs do Brasil?

  4. ESSA SABATELA DEVE FICAR DESEMPREGADA COM O CORTE DA GLOBO. ESSE TAL DE MORAES , PORRA ESTOU TENTANDO LEMBRAR O QUE ELE FAZ, SONIA BRAGA ESSA JA ACABOU A MUITO TEMPO, FAZIA SUCESSO QUANDO JOVEM E TINHA UM CORPINHO BONITINHO. ME FALARAM AQUI QUE ESSE MORAES E MARIDO DA GLORIA PIRES, ALÉM DE SER CASADO COM GLÓRIA PIRES NÃO SEI O QUE FAZ, MAIS DEVE SER ARTISTA, TALVES PALHAÇO DE CIRCO. AGORA CHAMAR GLÓRIA PIRES DISSO AÍ, NÃO ELA É O QUE TEM DE MELHOR NA TELEVISÃO BRASILEIRA.

  5. O que será que ela(Raquel Dodge) acha então das “expressões tidas por ofensivas”, ditas por Bolsonaro no caso Maria do Rosário? Será que mantém a mesma linha de pensamento (“mesmo que exageradas de modo a obter maior visibilidade política junto ao seu nicho eleitoral, estão relacionadas ao exercício do mandato parlamentar.”)?

  6. Essa trupe de pseudo artistas estão contra o povo. Estão do lado negro da história. Estão atuando como bandidos, aliás, uma péssima atuação no eterno drama brasileiro. São babacas metidos à besta. Meu desprezo e minhas vaias!

  7. KKK Estão colhendo o que plantaram.
    No tempo do meu avô, quando o cara falava que era artista ele perguntava: mas e tu trabalha com o que?
    Como disse o japonês, abaixo: vestiram a carapuça. Aqueles que não faziam parte desta turma e se calaram, agora estão pagando o pato.

  8. Chamou “ozartistas” de vagabundos e foi ao cinema assistir
    “O Filho do Barril”.
    Aliás, Glória Pires fez o papel de mãe do apedeuta, o “Bêbado de Rosemary”, no péssimo filme financiado pela Odebrecht, com aval do Lullarápio.
    Cruzes. Orlando de Morais é artista?
    Pano rápido.

  9. A maioria desses artistas citados não representa os artistas brasileiros;
    As escolas de samba do Rio não representam as manifestações culturais pelo Brasil afora;
    As novelas de costume das TVs abertas não representam a sociedade brasileira.
    O Rio de Janeiro não representa o Brasil;
    A maioria dos políticos na administração pública hj não representa a sociedade brasileira.

  10. “Glória Pires, Letícia Sabatella, Orlando Morais, Sônia Braga e Wagner Moura”

    Se juntar tudo o que essa gente produziu na vida, juntos, não deve dar um dia de trabalho de um cidadão comum… Poucas coisas na face da Terra são mais imprestáveis do que um “artista” global…

  11. Elas querem se aproximar da procuradora como fizeram com a Dilma. Sugestão: como certamente estão desempregadas porque não façam serviços de diaristas, sorte para idosos, lavar roupa para fora…

  12. Será que a Raquel Dodge vai agir assim, em relação à Bolsonaro. Porquê em se tratando dele. Tudo acontece….espero que o processo que ele responde no STF, seja arquivado. Pois, nem deveria ser aceito.

  13. Vagabundos, ganham para mentir “interpretar”,depois q conseguem status ,muitas vezes com dinheiro público “Rouanet ” eles vão embora do país e qdo envelhecem regridem ,viram ativistas de causas mortas.

  14. Orlando de Morais??? Ao menos a Sonia ainda povoa as lembranças eróticos de quem a viu “no cinema de arte” nos anos 70 e 80. Aliás o único filme do hoje cultuado Clint Eastwood em que ele, como dizer, perde aquela robustez máscula e se entrega aos prazeres mundanos é o “Rookie – Um profissional do perigo” onde ele (amarrado em uma cadeira) é literalmente estuprado por uma “bandida” que era ninguém mais e nem menos que a Soninha. Aquela cena contribuiu e muito para diminuir o estigma que os estrangeiros têm de que a mulher brasileira “é fácil”.

    1. O cara nunca teve talento. A mulher dele tentou emplacar as musiquelhas dele nas novelas, mas nem assim esse lixo decolou.Só restou mesmo chupinhar a Rounet