Chico Buarque ironiza Bolsonaro

O lulista Chico Buarque ironizou, em rede social, o fato de Jair Bolsonaro não querer saber de assinar tão cedo o Prêmio Camões vencido pelo sambista e escritor:

“A não assinatura do Bolsonaro no diploma é para mim um segundo Prêmio Camões. Aliás, que tipo de livro Bolsonaro lê? Cartas para a redação.”

Prêmio literário que precisa de assinatura de presidente da República, convenha-se, é uma excrescência, não importa quem seja o presidente.

Comentários

  • Ernesto -

    Ótimo! Fique com este troféu, lambedor de botas de ditadores!

  • Rafael -

    Este é a prova da teoria das diversas inteligências emocionais! Um ótimo cantor e compositor, mas um inepto em Política! Esperar o que do filho de um historiador gramsciano?

  • Silenio -

    Pô o cara apóia o Presidiário, vai falar de leitura como crítica para alguém? Perderam mesmo a noção do cinismo e da vergonha na cara. Quem te viu, quem te vê Velho Francisco.

Ler 168 comentários