É assim que se morre

O último desejo desta holandesa, doente terminal, era rever seu quadro preferido de Rembrandt, no Rijksmuseum, de Amsterdã.

É assim que se morre.

Uma bela morte

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200