Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Editora Record decide não renovar contrato com Olavo de Carvalho

Para o editor-executivo Rodrigo Lacerda, 'guru' bolsonarista tem 'convivência péssima com vozes discordantes'; grupo diz que continuará publicando autores das 'mais variadas correntes de pensamento'
Editora Record decide não renovar contrato com Olavo de Carvalho
Foto: Divulgação

A Record decidiu não renovar com Olavo de Carvalho, escritor e “guru” do bolsonarismo. Segundo a editora, os contratos dos dois livros publicados por Olavo, que alcançaram cifras de best-seller, venceram em setembro de 2020 e janeiro de 2021.

Em nota sobre o assunto, o Grupo Editorial Record disse que “segue publicando autores que representam as mais variadas correntes de pensamento, tanto do campo conservador quanto do progressista, com a convicção de que desta forma contribui para o debate público”.

Em entrevista a O Globo, o editor-executivo da Record, Rodrigo Lacerda, afirmou que “o posicionamento do Olavo hoje é de uma convivência péssima com as vozes discordantes, para dizer o mínimo”.

Lacerda, que iniciou carreira editorial na Nova Fronteira —fundada por seu avô, Carlos Lacerda—, assumiu o cargo na Record em janeiro, substituindo Carlos Andreazza, responsável por levar os livros de Olavo para a editora.

Nesta quarta (28), como publicamos, o escritor recebeu alta do InCor depois de ter sido internado no hospital pela segunda vez em um mês.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO