Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Juliana Paes diz que não se identifica com direita ou esquerda e sofre ataque nas redes

Atriz publicou vídeo em que responde a colega não identificada, que a acusou de "não se posicionar politicamente" em meio à pandemia da Covid
Juliana Paes diz que não se identifica com direita ou esquerda e sofre ataque nas redes
Reprodução/Instagram

Desde esta quarta-feira (2), a atriz Juliana Paes, de 42 anos, está sendo atacada nas redes sociais por um vídeo respondendo a uma colega, que a acusou de “não se posicionar politicamente” em meio à pandemia da Covid.

Embora o alvo da resposta não tenha sido explicitado, sites que fazem cobertura de TV afirmam que se trata de Samantha Schmutz, que contracenou com Juliana na novela “Totalmente Demais”, da Globo, e ironizou as posições da colega.

A polêmica começou quando Juliana criticou o tratamento de integrantes da CPI da Covid à médica cloroquiner Nise Yamaguchi em seu depoimento na última terça (1º). Em seguida, a atriz publicou o vídeo em que diz não ser “bolsominion” nem de direita, mas não apoiar “os delírios comunistas da extrema esquerda”.

“Cara colega, apesar de eu ter sido agredida por suas palavras caluniosas, de ter sido invadida pela sua mensagem de noite, de ter sido acusada de ser covarde, desonesta, criminosa, eu me dispus a te responder por todas as cenas que eu me emocionei do seu lado”, disse Juliana na gravação.

A atriz prossegue defendendo a vacinação contra a Covid e sua decisão de não militar publicamente, “escolhendo um dos lados políticos nesse debate todo”.

Juliana Paes, ao que parece —e como muitos brasileiros—, quer uma terceira via. Ousar não gostar de Lula como “alternativa” a Jair Bolsonaro não é crime.

Clique abaixo para assistir ao vídeo da atriz.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO