A maconha aceita tudo

Nick Cave, roqueiro australiano que já morou em São Paulo, estimulou gritos de “ele não” durante o seu show em São Paulo.

A maconha aceita tudo.

 

Você precisa redobrar a atenção no 2º turno. Entenda por que clicando AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 63 comentários
  1. Mentira. Estive lá. A matéria da Folha de SP é inverídica, assim como essa. O que teve foram uns trouxas do elenão gritando por conta própria. O artista não incentivou hora nenhuma.

  2. Estive no show e ele não se sentiu a vontade com a manifestação política, inclusive criticou o Roger Waters em uma coletiva em São Paulo, e disse que sua música não tem cunho político.

    1. Juro que eu nunca tinha ouvido falar nesse artista.. agora, já sei o nome, já sei que é artista, mas já sei que é um babaca.. então.. nem quero mais saber… GO HOME

  3. A esquerda mundial está em polvorosa, perderam a capacidade de influenciar. Vcs são o passado, vcs são o anacronismo, vcs são a relíquia de um mundo que só existe em vossas mentes débeis!

  4. Boicotar esse tipo de artista seria uma boa jogada!Quem vai a um concerto quer se divertir e não receber ‘conselhos’ sobre política!Boicote nele!Boicote no Roger Waters!Deixem eles com o PT!

    1. Maconha ganhou fama erroneamente, nao vicia, nao te faz um psicopata e nem causa overdose, sei pq fumei saporra qdo mais jovem e nao precisei procurar Jesus ou ir pra clinica, ja o pó é outra coisa

  5. Nick Cave.. artista fracassado e fim de carreira (como diria Aecio) apoiando o PT. Cade os malas do Pearl Jam e do Rage Against The Machine, costumazes apoiadores do comunismo nessa lista?

  6. Boa parte dos artistas brasileiros está desesperada com a iminente eleição de Bolsonaro. Desesperadamente tentam todas as formas e alianças para evitar, mas ñ vão, conseguir…

  7. Esse comentário foi meio estúpido. Maconha nada mais é que 1 vegetal, por sinal com várias propriedades medicinais. Bastar ter um filho epilético, por exemplo, para que mudem essa visão bizarra.

    1. Vero. E outra ja fumei saporra qdo era mais jovem. Nao roubei nem estuprei ninguém e pagava com meu dinheiro. Da barato e larica? Dá, mas nao te faz um idiota nem um mau carater, isso é de nascenç

    2. Falaste bem: medicinais e não recreativas que ainda são ilegais, sem mencionar estudos cientificos que provam sua abertura às drogas mais pesadas. São Estudo e não minha opinião…

    1. PT é uma dorga fortissima faz a pessoa ver coisas oinde nao existe, repetir palavras sem sentido e invadir propriedade alheia, maconha no maximo te da sono, sede e vontade de comer doce

    1. O Roger foi relevante apenas quando estava no Pink Floyd… semeou a discórdia.. o Richard saiu do grupo, depois voltou e aí, expulsaram o Roger… depois disso, ele não fez nada que prestasse…

    2. Ele tem alguns bons discos, como The Boatman’s Call, outros mais esquisitões. O dueto com PJ Harvey, “Henry Lee”, é sensacional. Qto ao Waters, acho muito bom o Amused to Death.

    3. Vero. Mas Waters foi relevante ha 3 decadas, desde que foi chutado do Floyd em 83 nunca mais gravou nada que prestasse