Ministério da Cultura quer que diretor de “Aquarius” devolva R$ 2,2 milhões

O Ministério da Cultura está cobrando a devolução de R$ 2,2 milhões do diretor Kleber Mendonça Filho, publica a Gazeta do Povo.

Em 2009, seu filme “O Som ao Redor” venceu irregularmente um edital para filmes de baixo orçamento.

O edital previa que só seriam aceitos “projetos com orçamento de, no máximo, R$ 1,3 milhão”. A produtora do filme, no entanto, enviou para a Ancine um orçamento 15% superior ao limite máximo. E depois de vencer o edital, o filme ainda redimensionou seus custos para R$ 1.949.690.

Kleber Mendonça Filho ficou conhecido por exibir no tapete vermelho de Cannes papéis com frases como ‘Um golpe está em curso no Brasil’ e ‘O Brasil está vivendo um Golpe de Estado’, quando lançou o filme “Aquarius”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO