Momento existencialista sobre a redação do Enem

No aniversário de 50 anos de maio de 1968, os franceses se perguntam o que restou de Jean-Paul Sartre.

Sartre foi parar numa redação do Enem que obteve 980 pontos. O tema era “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”.

A estudante começou a sua redação com a seguinte frase: “A máxima ‘O inferno são os outros”, do filósofo existencialista Sartre, exprime a individualidade e como os indivíduos não buscam se colocar no lugar do outro”.

A frase está na peça “Huis Clos”, de 1943, e nada tem a ver com o que a estudante escreveu.

De acordo com o próprio Sartre, a frase resume um fato inescapável: estamos condenados a julgar nós mesmos sempre a partir do julgamento dos outros sobre nós.

Nem a estudante, nem o corretor da redação leram Sartre, evidentemente.

Fim do momento existencialista.

 

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Replicante disse:

    Reflexo do ensino/treinamento robotizado dos alunos em sua preparação para a redação do enem. Entre outras coisas são condicionados a citar algum outro autor para dar suporte ao que escrevem e mostrar domínio do tema. O equivoco não invalida a nota alta, mas mostra que os avaliadores são uns idiotas.

Ler comentários
  1. Evandro disse:

    Bobagem como tudo o que brota das mentes intelectualizadas, preocupadas mais em lamber-se do que fazer o bem.

  2. Kkkkkkkkkk disse:

    Kkkkkkkkkk! Muito bom! É só colocar o nome de um filósofo no texto, sem importar o seu conteúdo, a redação chega a nota máxima! Risível!

  3. mulher x disse:

    como ninguém lê nada e quem escreve já sabe que naos erá lido, vale quanto pesa e ser for invisível melhor ainda. O ENEM vai acabar pq o ensino da lingua portuguesa está no fim, agora o que fala é o que vale. Quem nao lê ,mas é amigo do prssidente manda e para que saber ler?

  4. Nemesis disse:

    Fiz a prova do Exame Nacional do Ensino Marxista por curiosidade, sem estudar nada, depois de 14 anos longe do ensino médio, logrando exito nas questões com resultados por volta de 700-750 pontos nas matérias imuteis e 840 pontos em matemática/física. Na redação incríveis 620 pontos -.-

    1. Os caras fraudam eleições não vão fraudar correção de redação do Enem? Estou desconfiado que a Smartmatic é quem fornece o software que gerencia as correções das redações do Enem. Pelo visto, até o resultado da correção da redação do Enem vai ter que ser impresso para evitar fraudes.

  5. Esperançoso disse:

    claro que não leram Sartre, mas demonstrou saber que Sartre existe e o corretor já se impressionou. kkkkkk Chega a ser hilário, mas quem sabe ela pelo menos usou as vírgula, crases e acentos corretamente. Seria um consolo.

  6. Ghost Writer do Mainardi disse:

    Redação do Enem é uma fraude. Estatisticamente é impossível, num universo de mais de 7 milhões de textos, apenas pouco mais de 50 alcançarem nota máxima. Os caras estão criando monstros, que chegarão na universidade sem saber escrever. O que mais li no Twitter, hoje, foi estudantes relatando terem recebido notas altas sem terem merecido. Comparem as redações que estão sendo divulgadas nos portais, para ilustrar as notas máximas, e reflitam se é matematicamente possível que apenas 50 estudantes sejam capazes de produzirem textos no nível do que está sendo mostrado. Parece que é pura loteria, a depender do humor do avaliador que o estudante for premiado. Afinal, por R$ 3,00 por cabeça, não se pode esperar muita coisa quem tem 100, 200 redações para corrigir.

  7. não leu, não cita disse:

    Aluno e corretor foram pegos no flagra, fingindo conhecer. O Brasil é mesmo o país da afetação.

  8. RodrigoV disse:

    Lei Federal Nº 777 . O Presidente da Répública resolve: . Art. 1º Fica extinto o Ministério da [falte de] Educação. . Art. 2º Todos os entes parasitários (vulgo "servidores públicos") vinculados ao Ministério ora extinto e suas autarquias (lê-se Universidades e Institutos Federais) estão automaticamente NO OLHO DA RUA! . Art. 3º A partir desta data cada família e cada indivíduo é responsável por buscar ensino formal por conta própria. . Art. 4º O Estado será responsável por criar em até 180 dias um sistema de vouchers para viabilizar a formação básica e profissional de indivíduos COMPROVADAMENTE incapazes financeiramente. . Brasília, 195º da Independência e 127º do GÓPI. . Aí eu te pergunto: É DIFÍCIL MUDAR O BRASIL?! . Resposta: NÃO!

  9. bem feito disse:

    Esse papo de desentendidos entre o estudante e o corretor não deixa de ser uma justa homenagem à reforma do ensino. Foi ela quem pariu a ambos.

  10. Dr. P I R O C A disse:

    Sartre era um chato, um porre, e mais ainda era sua mulher, arrogante, prepotente, bipolar violenta, que fazia questão de corneá-lo na sua frente. Ele, que tinha olhos de vaca (cada um mirando lados opostos), fingia que nada via e inclusive apanhava daquela vaca. Oh, coitado!

  11. Van/1 disse:

    Gente, que piada esse Enem! Que viagem. Me permito acrescentar: como o corretor evidentemente não leu Sartre, a simples menção ao nome do filósofo francês o levou 'a conclusao de Q a estudante era erudita. Então, era a melhor aluna e a melhor redação.

  12. Titãs disse:

    Inferno são os outros é uma musica do Titãs... ela pode ter ouvido daí.

    1. Dããããã, a uma música é do DETONAUTAS, do "Mico" Santacruz"..... https://www.youtube.com/watch?v=uUcigMBk0fA

  13. Sandra disse:

    Aposto 10 contra 1 que quem escreveu este post foi o Mario.

  14. Sissi disse:

    Eu " si" divirto com a garotada. Enrolou bonito, será uma grande aluno!!! KKKKKKKKKKKKKKK

  15. Ghost Writer do Mainardi disse:

    A Smartmatic deve ser a fornecedora do software que gerencia as correções das redações do Enem. Não é possível tamanha distorção nas correções e nas notas. A exemplo do voto impresso, também teremos de exigir a correção impressa dessas redações do Enem.

  16. PUTZ... disse:

    Melhor que não existisse nem um, nem outro.

  17. Contra os Acadêmicos disse:

    Começar uma redação com uma frase idiota de um "filósofo" adorado e reverenciado pela esquerda é garantia de nota alta no exame nacional do ensino marxista. Entre a obra de Sartre e um fardinho de papel higiênico, eu fico com o papel, será mais útil.

  18. Sarte tinha o p.e.n.i.s pequeno disse:

    Sartre tinha o p.ê.n.i.s pequeno O Paulo Francis confirma isso num livro, aquele sobre 1968. Uma brasileira que saiu com ele disse isso. O existencialismo dele deve ter nascido dessa condição física dele E com certeza a mulher dele, a Simone, o largou por causa disso.

  19. José Carlos disse:

    Já eu acho o contrário: julgamos OS OUTROS por nossos próprios parâmetros! Sartre era um burro.

  20. Cris disse:

    Imagino que Trump e seu ego discordem de Sartre... Querem a lista completa? Só a de políticos brasileiros é da grossura de uma antiga lista telefônica...

  21. O Trepanador disse:

    Sartre tinha o pinto pequeno mas o ego gigantesco. Quem lê muito acaba ficando sexualmente teórico.

  22. Sartre tinha o p.ê.n.i.s pequeno disse:

    Nome do livro do Paulo Francis onde ele conta a história de uma mulher brasileira que saiu com Sartre e depois o delatou, dizendo que o filósofo francês tinha o p.ê.n.i.s pequeno. )))))))))))))))))))))))) "Trinta anos esta noite" O que eu vi e vivi. 000000000000000000 https://inspirandosonhos.com/shop/trinta-anos-esta-noite-1964-paulo-francis/ Corrigindo: não é 1968, é 1964.

  23. Mauricio Costa disse:

    Esses filósofos tem sofrido na mão dos brasileiros. Em 14/01/2018 foi Marina Silva que usou o twiter para supliciar a alemã Hannah Arendt. A rainha da floresta disse, literalmente: "Nunca paro de revisitar o livro A Condição Humana, de Hannah Arendt que fala da banalidade do mal. Estamos vendo a grande banalização das coisas erradas, indo para um caminho muito perigoso do cinismo e dissimulação politica levada ao extremo." Ela não deve ter lido esse livro, já que não há nele nenhuma referencia à "banalidade do mal". Esse conceito surgiu na sua obra só em 1963, no livro "Eichmann em Jerusalém" sendo "A Condição Humana" de 1958. Ainda que houvesse alguma coisa em A Condição Humana que remetesse à banalidade do mal não seria nada nem parecido com a bobagem que Marina escreveu.

  24. Giusti disse:

    Nunca me julguei através d outros e tenho uma gigantesca empatia. A estudante conhece a natureza humana, Sarte nem desconfiou da existência desse traço indissociável do humano. Como todo comunista era um perfeito idiota.

  25. Charles disse:

    Equivoca-se O Antagonista. A estudante, sabiamente, reservou para si uma interpretação própria, e até mesmo arraigada no senso comum, da frase de Sartre. Em momento nenhum houve a tentativa de apoderar-se do pensamento do brilhante escritor.

  26. joao carlos pompeu disse:

    Além do que, o tormento da vida infernal de nauseante de Sartre não foi com a surdez dos surdos (tema da redação existencialista do ENEM). Foi com a falta de visão e a cegueira política: desde os 4 anos, depois de um acesso de gripe, Sartre desenvolveu um terçol no olho direito e nunca mais pode usá-lo. Seus olhos, e a compulsão para mentir, sempre lhe causariam problemas e ele foi ficando progressivamente cego e um mentiroso inveterado. Simone de Beauvoir, entre outras serventias da servidão voluntária feminina, foi também o seu cão-guia pelas ruas bêbadas da Paris intelectual dos famosos cafés e das estudantes “papo cabeça” com compulsão para serem amantes dadivosas de filósofos baixinhos e feios.

  27. Corrigindo o comentário do Titãs - Madame Boravy disse:

    Dããããã, a uma música é do DETONAUTAS, vocalista é o "Mico" Santacruz", não é do Titãs! https://www.youtube.com/watch?v=uUcigMBk0fA

  28. A despeito de ser da USP, é um porralouca! disse:

    Haddad: O Porralouca de Sampa: Haddad, apesar de ser de uma das mais conceituadas universidade do Brasil, a USP, ele não pode se comparar com o brilhantismo e inteligência de um CONDÉ, por exemplo… HADDAD é defensor de vulgaridades, níveis de educação “baratas” [foi péssimo e Ministro apagado da Educação do governo da dilma]. É um professor de mau gosto, sentimentalista. Adora referências da cultura brega sem critério e sem atingir o nível de qualidade fundamental, e que se destinam ao consumo de massa. Ou seja: na educação é um divulgador de cultura de massas simploides, descartáveis & barangas. Eis aí Haddad, a despeito da USP. Um porralouca.

  29. Lilian disse:

    Minha filha fez 940 pontos na redação . Tá apta a cursar todas as faculdades de humanas( quer direito mesmo , fazer o que) e exatas do país , além de algumas de medicina . Sempre leu bastante :tema fora da curva , mas ela segurou a peteca .

    1. E claro, citou desde Aristoteles e sua justiça distributiva , a Kant. Sao as técnicas redacionais , pq , óbvio , ela não leu Kant , ainda . ;)

  30. Quest disse:

    Mais sobre a frase de Sartre, aqui: https://www.the-philosophy.com/sartre-hell-is-other-people

  31. Comentarista disse:

    O corretor da redação certamente foi educado no método Paulo Freire. Analfabeto funcional e doutrinado.

  32. J disse:

    LIXO DE PAÍS! FAR$A PURA NA QUAL O POVO BOVINIZADO ESTÁ 100% IMERSO. EMIGRE QUEM PUDER E SALVEM SEUS FILHOS DESSA REALIDADE PODRE. NÃO ADIANTA TAMPAR O SOL COM A PENEIRA E FICAR TOMANDO CERVEJA, COMENDO CHURRASCO E VENDO A BANDA PASSAR. A BAGAGEM QUE NOSSOS FILHOS RECEBEM AQUI NO BRA$IL, MESMO QUE TENHAM "MELHORES CONDIÇÕES" DE EDUCAÇÃO, É LIXO PURO!

    1. Atenção especialistas... quem escreveu a peça de teatro? Procurem saber! Fake News!