Morre o escritor israelense Amós Oz

O escritor israelense Amós Oz morreu hoje, aos 79 anos, em sua casa em Tel Aviv. Ele sofria de câncer.

A morte de Oz, mais famoso autor de seu país, ocorreu no mesmo dia em que Binyamin Netanyahu iniciou sua visita ao Brasil.

Leia mais em Crusoé:

Morte em casa

2019 não será um ano para amadores. Conte com a ajuda de especialistas para chegar são e salvo a 2020 AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. PAULO disse:

    Pc. Os extremistas tendem a se igualar. O realismo incomoda os que só enxergam com olhos cobertos pela ideologia.

Ler comentários
  1. Napoleon_Solo disse:

    Vai fazer muita falta. “Como curar um fanático” é leitura obrigatória pros dias de hoje.

  2. B17 disse:

    Seria boa a paz com os palestinos. Mas, como sempre há extremistas malucos dispostos a tudo, ainda vale "se queres a paz, prepara-te para a guerra." O Brasil tem reforçar a segurança e FFAA.

  3. Durval disse:

    Um escritor muito importante ,pois escreveu o Mágico de Oz !

  4. The☠Terror disse:

    Já foi tarde seu judeuzinho de m3rda!!!

    1. São tipos como esse que faz o mundo civilizado pensar que no Brasil, em plena Copacabana, tem sucuri solta. Tipos assim fazem brasileiros serem revistados nos hotéis da Europa ao pagarem a conta.

  5. OBSERVADOR🇧🇷 disse:

    O motorista Queiroz disse que está com câncer

    1. Dila, com a PF nos calcanhares se internou o Einstein. Estava em estado crítico. Passou a onda da PF e eis a gorda faceira a desfilar de bicicleta. Queiróz é câncer. Qual será a "maladie" do Lu

    2. Adélio Bispo disse que foi Deus quem mandou matar Bolsonaro.

  6. Nova disse:

    Antas, segunda vez que vc me banem por falar que o Mainardi foi citado em uma delação. Dor de cotovelo?

    1. Imparciais? Tu é temerista, pare de querer bancar o isentão

    2. Nunca fui banido, meus comentários são pertinentes e imparciais em busca de um Brasil melhor.

    3. Triste OBSERVADORBR essa censura. Corumbá e Thiago, vcs dois são MAV's, logo voltem para sua insignificância.

    4. As Antas não são Santas, são todos membros da velha ORCRIM Jornalistica!!!

    5. Respeite os mortos , seu comentário é impertinente e não tem relação com a matéria

    6. Aqui a censura é pesada! Também fui censurado por pedir a diminuição do número de de.p.utados (513 para 100)!

  7. Brasil disse:

    Que relação tem a morte de Oz com o encontro entre Bolsonaro e Netanyahu?

    1. Caro Juliano, a pergunta foi uma ironia. Oz foi um escritor israelense que apoiou a aproximação entre judeus e palestinos. Jornalistas criticam a aproximação a Israel, sem ter conhecimento do todo

    2. The☠️Terror, se você não me alertasse, jamais poderia imaginar algo que está escrito no texto da matéria. Você é um gênio. Meus parabéns!

    3. A aproximação entre Brasil e Israel também deverá se dar no campo cultural. Sentimento aos familiares.

  8. Alexandre disse:

    O livro de Amós "Sobre o Fanatismo" é uma obra que todos os conscientes deveriam presentear seus amigos petistas... Se é que ainda são amigos...

    1. Pelo nível, percebe-se que esse tal "theterror" deve ser uma criança mimada atrás de um teclado. Além de imbecil, óbvio.

    2. Nenhum judeuzinho de m3rda em Israel leu isso então 🤣🤣🤣

  9. Leandro disse:

    Ele dizia que todo extremista é um 'ponto de exclamação' ambulante.

    1. Essa frase dele me ensinou a pensar dez vezes antes de falar.

    2. e tb q devemos lidar com muito cuidado com o fanático q existe dentro de nós :)