Osmar Terra: "Não tem nada de censura"

Em conversa com jornalistas em São Paulo, Osmar Terra negou que o governo tenha praticado censura ao suspender um edital que havia selecionado séries que abordavam diversidade de gênero e sexualidade.

Ontem, o secretário especial de Cultura do Ministério da Cidadania, Henrique Medeiros Pires, pediu demissão. Ele afirmou que Terra “era democrático, mas virou a chave”.

Segundo o ministro, o edital foi lançado ainda durante o governo passado.

“Por que os temas têm que ser propostos por um funcionário do governo passado e temos que aceitar tudo? É essa a discussão. Não tem nada de censura”, disse Terra.

“Fiquei surpreso, até porque ele [Medeiros Pires] nunca falou nada sobre isso. Nunca me trouxe nada. Pelo contrário: apoiou todas as medidas que estávamos tomando.”

Comentários

  • Goreba -

    Esse tipo de filme deixem para a Globo. Películas com apologia a todo tipo de "putaria" não deve ser financiado com recursos públicos!

  • Bruno -

    Se negar dinheiro do estado pra financiar traveco é censura, tem que censurar tudo mesmo.

  • Jorge -

    Vão dar o toba com seu dinheiro!

Ler 8 comentários