ACESSE

Para encaixar Regina Duarte, Secretaria de Cultura força fechamento da Cinemateca até 2021

Telegram

A Secretaria Especial de Cultura comunicou à Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto (Acerp) que quer fechar a Cinemateca até 2021, em uma tentativa de a pasta acelerar a retomada da gestão do espaço.

O Antagonista apurou que, em reunião na última sexta-feira (29), o subsecretário de Cultura, Heber Trigueiro, também contou a representantes da Roquette Pinto que não há definição sobre o pagamento das dívidas que o governo federal tem com a Acerp, que já somam R$ 11 milhões.

Este é um movimento, organizado pelo Ministério do Turismo e o Palácio do Planalto, para tentar forçar uma reestatização da Cinemateca, que fica até março de 2021 sob a gestão da Roquette Pinto.

O objetivo é abrir espaço para colocar Regina Duarte no comando da instituição mais importante para a preservação da memória do audiovisual brasileiro, como prometido pelo presidente. Enquanto o processo não se conclui, a atriz deve assumir um cargo comissionado na Secretaria de Cultura para não ficar desassistida.

Como mostramos, a Cinemateca está em um vácuo jurídico, resultado da suspensão do contrato do Ministério da Educação com a Roquette Pinto para a gestão da TV Escola.

Em um dos aditivos do contrato sobre a TV Escola, o MEC entregava o comando da Cinemateca para a Acerp até 2021. Então, apesar de a Educação não ter mais relação com a TV Escola, o contrato da Cinemateca continua em vigência.

Por causa do problema jurídico, Jair Bolsonaro ainda não conseguiu cumprir sua promessa de colocar Regina Duarte no comando da Cinemateca. Todos os cargos relacionados à instituição são vinculados à Roquette Pinto, e não ao governo federal.

 

Leia também: EXCLUSIVO: MORO ATACA

Comentários

  • Maria -

    PALHAÇADA! FALTA DE RESPEITO COM PROFISSIONAIS DE CARREIRA ALTAMENTE COMPETENTES.

  • ricardo -

    que papelão hein Regina

  • Francisco -

    Regina Duarte está sendo fritada até na hora da boquinha

Ler 25 comentários