Polícia apreende armas, eletrônicos e dinheiro na casa do cantor Belo

Polícia apreende armas, eletrônicos e dinheiro na casa do cantor Belo
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Agentes da Delegacia de Combate às Drogas apreenderam duas pistolas, munição, celulares, computadores e R$ 69,6 mil em espécie (parte desse dinheiro em euros e dólares) num cofre na casa do cantor Belo na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Todo o material foi localizado na operação “É o que eu mereço”, deflagrada pela Polícia Civil do Rio nesta quarta-feira (17).

A ação prendeu Belo e outros dois homens ligados a uma produtora de eventos que organizou a apresentação do pagodeiro, sem autorização do governo, em uma escola do Complexo da Maré, na última sexta-feira (12).

Outros R$ 61 mil em espécie foram apreendidos na casa de Célio Caetano, um dos presos apontados como organizadores do evento. Acusado de se associar aos demais para promover o show, o traficante Jorge Luiz Moura Barbosa, o Alvarenga, está foragido.

Segundo a polícia, o cantor e os demais detidos violaram um decreto municipal que proibiu aglomerações no Carnaval e contribuíram para a disseminação do novo coronavírus, colocando em risco a vida de centenas de pessoas.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO