ACESSE

Presidente afastado da Ancine renuncia

Telegram

Christian de Castro presidente afastado da Ancine, apresentou ontem sua carta de renúncia.

O documento foi direcionado a Jair Bolsonaro e ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, responsável pela área cultural desde a semana passada.

“Nestes dois anos de mandato, quase integralmente exercendo a presidência da agência, cumpri o meu dever e o compromisso assumido em minha sabatina de trabalhar incessantemente pelo desenvolvimento do mercado audiovisual brasileiro. (…) Sou um técnico. Não pertenço a grupos políticos. Nunca tive o desejo ou a ambição de ocupar cargos públicos ou políticos”, diz Christian na carta.

Afastado do comando da Ancine desde o dia 30 de agosto, Christian foi acusado de repassar a um sócio dados sigilosos da agência. Ele e outros três servidores da Ancine foram afastados por determinação da 5ª Vara Federal Criminal do Rio.

O MPF também o acusa de falsidade ideológica e estelionato, por prestar declaração falsa sobre vínculos societários à Ancine e à Comissão de Ética Pública da Presidência da República.

POR QUE PRECISAMOS FALAR SOBRE LULA. Leia mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 3 comentários