Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

RJ e DF devem receber quase R$ 3 milhões para executar projeto de Mario Frias

As informações sobre o Casinha Games constam em parecer técnico expedido em junho e aprovado pela Comissão do Fundo Nacional de Cultura
RJ e DF devem receber quase R$ 3 milhões para executar projeto de Mario Frias
Foto: Roberto Castro/ Mtur

Comandada por Mario Frias, a Secretaria Especial de Cultura (Secult) deve repassar R$ 2,9 milhões do Fundo Nacional de Cultura (FNC) para o estado do Rio de Janeiro e o Distrito Federal implementarem o projeto Casinha Games, diz O Globo. As informações, obtidas pelo jornal via Lei de Acesso à Informação, constam em parecer técnico expedido em junho e aprovado pela Comissão do FNC.

A polêmica em torno do projeto Casinha Games começou quando foi noticiado que um orçamento milionário havia sido disponibilizado para um projeto da secretaria sem qualquer informação pública disponível. No último dia 9, uma decisão do Ministério do Turismo  publicada no Diário Oficial da União autorizou o repasse de R$ 4,6 milhões para a iniciativa. A Secretaria Especial da Cultura está subordinada à pasta.

Após a divulgação da notícia, o deputado Alexandre Padilha (PT-SP) pediu oficialmente informações sobre o projeto. O Ministério do Turismo terá 30 dias para se pronunciar. O valor inicialmente liberado para o Casinha Games corresponde a quase toda a verba executada pelo FNC em 2020, segundo dados do Portal da Transparência, o que gerou questionamentos. Em 2020, o fundo gastou R$ 4,74 milhões do total de R$ 1,43 bilhão que tinha disponível.

De acordo com informações obtidas via Lei de Acesso à Informação, o orçamento foi revisado. Além dos 2,9 milhões do FNC, sendo R$ 1,7 milhão para o RJ e R$ 1,2 milhão para o DF, o projeto contará com contrapartida dos governos locais, chegando a um orçamento total de R$ 3,6 milhões.

No requerimento, Padilha também questiona se Jair Renan, o filho 04 de Bolsonaro, está envolvido no projeto. O deputado menciona uma reportagem do portal “Farofafá” sobre os interesses de Jair Renan no mercado de games. Em março, a PF abriu inquérito para investigar o filho 04 do presidente por suposto tráfico de influência.

A Secretaria Especial de Cultura informou que o projeto Casinha Games está em fase de celebrações dos convênios com os estados e que os recursos só serão disponibilizados após a conclusão da análise técnica e do aceite do processo licitatório pela concedente. Segundo a Secult, objetivo é criar complexos culturais temporários ou semipermanentes focados nas artes digitais, e-games e empreendedorismo em cidades que possuem entre 20 mil e 100 mil habitantes, onde serão oferecidos cursos profissionalizantes e suporte a aberturas de empresas MEI.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO