Samba sem uma nota só

Bebel Gilberto conseguiu interditar João Gilberto, noticia Ancelmo Gois.

A interdição foi obtida para “por fim aos negócios temerários que João vinha sendo orientado a firmar, que resultaram na atual condição de quase miserabilidade do artista”.

O ícone da bossa nova está com 86 anos.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 32 comentários
  1. Mas como existe gente rasteira, ranzinza e mal resolvida, que nunca aceita nada a não ser a sua própria ‘curtura!. Pode-se gostar ou não de uma coisa, mas quem tem inteligência é capaz de ver valores mesmo no que não goste. Com uma visão bitolada dessas não é se admirar dos políticos que são eleitos no país ou dos comentários que postam por aqui.

    1. Só uma completa besta quadrada pode achar que alguém é unânime, que todos são obrigados a gostar de um determinado artista ou gênero de música. E a imbecil ditadora musical ainda faz uma correlação torta com a política e a democracia. Maldita inclusão digital!!!

  2. Esse cara sempre foi um chato, com uma voz insuportável, nunca cantou porrra nenhuma e vive de músicas chatas que foram feitas há 50 anos. Não fico surpreso que esteja na miséria. Junto com Chico Xavier, é um dos maiores pilantras e enganadores que esse país já teve.

    1. Um ótimo violonista, com uma batida fenomenal, um dos ícones do movimento musical brasileiro que fez sucesso na época, aqui e do outro lado do mundo, fomentando riqueza, sucesso e reconhecimento até hoje, no mundo todo, de inúmeros músicos, autores, poetas, cantores e pessoal de apoio. Obs. Sem a necessidade de Lei Rouanet, creio. A voz realmente não era seu forte mas, afinadíssimo e criativo, soube compensar a deficiência adequadamente, alcançando público cativo. As “músicas chatas” que ele cantava realmente só interessavam (e interessam ainda) a algumas centenas de milhões de pessoas e foram cantadas por figuras inexpressivas da música popular internacional tais como Frank Sinatra. Leia “Renúncia”, de Chico Xavier para domar essa alma empedernida.

  3. Comentarios lamentáveis! A bossa nova é ouvida até hoje em todo no mundo menos no Brasil. Geração sertaneja,funk, rap e outras baboseiras, cultura zero, letras zero, poesia zero. O Brasil, quando voltamos 50 anos, melhora! Infelizmente…

  4. Enquanto isso, o gosto e estilo do PT.
    Ei-lo:
    Lula: mané q não é nobre, q inspira horror do ponto de vista moral e cultural — de caráter vil, baixo e vigarista.
    Alma ignóbil. Esperto, engana o povo, via fala mansa.

    E quanto a projetos educacionais ou ao Ministério da Cultura
    apenas idéias e propósitos q causam repugnância, q ofendem o
    sentido estético; hediondo — fomentando a baixa-cultura e o mau gosto.
    Nesse caso, o PT sempre eternamente nivelou por baixo. Apenas lixo cultural.
    Odeia a alta cultura.
    E além disso utiliza de propaganda & publicidade
    muito bem elaboradas por profissional criativo e
    fabuloso como o João Santana, q consegue via marketing,
    produzir por esse espírito dedicado o brega e
    o barango em algo elegante e assimilável.
    Eis aí o virulento, hediondo PT.

  5. Boa Filha, a Bebel.
    Pelé, João Gilberto, Tom, Maria Ester, Éder Jofre, Nelson Gonçalves, Garrincha…
    =
    uma Bossa-Nova de Talentos Brasileiros.
    Bons tempos…
    =
    A Filha sofre, mas…ama!
    =
    Deus os abençoe.

    1. CONCORDO GABRIEL!!!VELHO CHATÉRRIMO , GROSSO E SE ACHAVA!!!Que morra na mer da!!!!!Ou peça pro ex cunhadinho Chicú petralha de holanda emprestar a esse idiota dinheiro da lei ROUBANETE!!!!!!!!

    2. Ahahahahahahaha…….. Tente toca…., vc não precisava nocautear o Gabriel…..ahahahahaha.
      Espero que ele recupere os sentidos para ler as besteiras que falou…..

    3. Mas você não prestou atenção no que o violão faz.
      Enorme quantidade de acordes (harmonia). E que dói o dedo fazer.
      Ou seja: tocar 1 música de João no violão, para principiante, é impossível.
      E não é apenas a quantidade. Mas a beleza da harmonia.
      Uma musiquinha de 3 minutos de João (Bossa Nova) costuma ter 50 acordes! E muitos dissonantes.
      Sim, é baixo. Tem gente que nem percebe tais seqüencias de acordes, as apenas presta atenção na voz, no texto.
      Mas é baixo, devido ao estilo mesmo.


      Axé (lixaço); sertanojo (do inferno) tem 3 acordes apenas. O resto é bateção de tambor (no caso de música da Bahia).

  6. Não tiro o mérito do pai da Bossa Nova, mas é fato que há muito tempo ele vivia apenas da ‘babação de ovo’ de seus súditos famosos da MPB (Caetano, Gil, Chico, Gal, Betânia & Cia Ltda). João Gilberto era daquelas clássicas unanimidades ‘rodriguianas’, infelizmente vai morrer pobre, esquecido e ciente de que a lisonja não enche barriga nem paga contas, no máximo massageia um ego gigantesco como o dele.

    1. me permite prezado Antonio,
      não se pode confundir o Grande João Gilberto com o Papa-Anjo Caetano Veloso,
      seria o mesmo que confundir
      Pelé com Maradona…Cartola com o Xico Jabuti…Vila-Lobos com Tom Zé…Noel Rosa com Zeca Pagodinho…e por aí vai…

    1. Ajudam sim, ‘babaram ovo’ a vida toda pro pai da Bossa Nova, se JG não soube tirar proveito do puxasaquismo dos seus ‘filhos e filhas musicais é problema dele.

  7. Que coisa hein???pensei q a filhota não era tão burguesinha assim!!!Interditar o pai?Aliás não sei como essa figura se mantinha!A ultima música composta deve te quase uns cinquenta anos!!!Figura intratável,se achava muito mais do q realmente era!!!!!!