Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Secretário da Cultura é 'bajulador' e 'dedo-duro'

Secretário da Cultura é bajulador e dedo-duro
Reprodução/Twiiter/Mario Frias

O secretário da Cultura bolsonarista, Mario Frias, foi chamado de “pau mandado”, “bajulador”, “folgado”, “incompetente”, “inculto”, “dedo-duro” e “alcaguete” por seu primo, o historiador Raul Milliet, em entrevista para o UOL:

“Ele recebe dossiê e o acolhe. Absorve as informações e isso passa a fazer parte dos objetivos imediatos, de médio e longo prazo da gestão. Isso é absurdo. Ele é um pau mandado de primeira ordem. Foi lá para ganhar salário, faz o que puder para bajular Bolsonaro e o filho, Eduardo. É folgado, mau ator. Tão incompetente que não sabe o que está censurando. É inculto, folgado, ficou bajulando a todos para ter esse cargo (…). 

A gravidade é enorme. Uma coisa que o tio-avô dele, João Saldanha, criticava: o dedo-duro, o alcaguete. É justamente o papel que ele está fazendo agora, mesmo sendo sobrinho-neto de João Saldanha.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO