We don’t need Roger Waters

Sem muito o que fazer no hemisfério Norte, Roger Waters, ex-Pink Floyd, passou o mês de outubro no Brasil, ocupando-se da atividade favorita de muitos artistas: tratar de assuntos dos quais eles não entendem.

Durante show em São Paulo, Waters chamou Jair Bolsonaro de “neofascista”.

Tomou uma vaia.

Em outra apresentação, exibiu um cartaz com os nomes de “líderes neofascistas”: no lugar do nome de Bolsonaro, aparecia o texto “Ponto de vista político censurado.”

Nas arquibancadas, um grupo respondeu com outra faixa: “Fuck you, Roger. Play the song.”

2019 não será um ano para amadores. Conte com a ajuda de especialistas para chegar são e salvo a 2020 AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Sem muito o que fazer no hemisfério Sul, colunista do site O Antagonista (quem?) que achava que The Wall era sobre operários da construção civil decide criticar Roger Waters sobre seu posicionamen

Ler mais 43 comentários
  1. Sem muito o que fazer no hemisfério Sul, colunista do site O Antagonista (quem?) que achava que The Wall era sobre operários da construção civil decide criticar Roger Waters sobre seu posicionamen

  2. O que eu acho engraçado é que esses caras conhecem o país pela imprensa, aí vem o cara da imprensa falar que o cara não conhece nada, estaria a imprensa errada sobre os conhecimentos do cara?

  3. Bem , já que o Brasil não precisa de Roger Waters, com certeza esteja precisando mesmo de “Tiririca”, “Alexandre Frota”, “Marco Feliciano”, “General Mourão” e fora outros. kkkkkkkkkkkkkkkk

  4. O Roger tomou muita vaia sim, em “São Paulo”. Porém, em outros estados, ele foi ovacionado por “milhares” de pessoas. Em Salvador, ele foi completamente ovacionado, todos se emocionaram com ele.

  5. Agora consigo entender pq o Pink Floyd não aguentou esse idiota na banda….. ótimo músico e compositor mas quando entra em corrupção e leva política nos palcos, acaba com tudo que conquistou…

    1. Perfeito seu comentário, sempre que se metem em politica a carreira desanda. Principalmente um gringo que nada sabe da nossa situação política. Ele não tem a mínima noção o quanto a nação fo

    1. E mais, Hitler tinha muita simpatia pela esquerda. Seu professor doutrinador deve ter te escondido isso. E tenho um tio que morreu na segunda guerra e o filho dele não quer matar o mundo por isso…

  6. Roger, coitado. Foi ludibriado pela turma da Rouanet e pelo Caetano, q pintaram pra ele o Bolsonaro como demônio do apocalipse.Como gringo distante, ele não tinha a menor ideia de quem era Bolsonaro

  7. Esse m…., como diz em um comentário, estuda regimes facistas há um bom tempo, seu pai morreu em uma guerra quando ele estava apenas com 5 meses de vida. Será que ele é tão idiota assim mesmo?!

    1. Bela b.o.s.t.a o pai dele ter morrido. Milhões de pais morreram de câncer, isso não faz os filhos serem experts em oncologia.

  8. Esses artistas de países ricos e desenvolvidos que amam ditaduras comunistas deveriam ser governados por esses merd@@s. Além do mais, aqui no BR tem rock progressivo de melhor qualidade. Talkey?

  9. “Artistas” e os “intelectuais” tecem loas e pugnam pelo socialismo/comunismo, só que historicamente após os gurus da causa assumirem eles são simplesmente eliminados. é histórico isto.