Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro é doente, CPI

Bolsonaro é doente, CPI
Bolsonaro defende o medicamento mais uma vez

A CPI da Covid não deve perder de vista um fato que caracteriza todos os crimes de Jair Bolsonaro: ele é doente.

O sociopata é capaz de praticar qualquer bestialidade para se reeleger em 2022, como sabotar o isolamento social, acarretando a morte de centenas de milhares de pessoas, ou dar carta branca à sua gangue para roubar.

A pressão para fechar o contrato da Covaxin tem de ser inserida nesse contexto.

Diz a Folha de S. Paulo:

“O governo fechou contrato para compra da Covaxin em 25 de fevereiro, no momento em que tentava aumentar o portfólio de imunizantes e reduzir a dependência da Coronavac, que chegou a ser chamada por Bolsonaro de ‘vacina chinesa do João Doria’”.

Foi a tara eleitoral do sociopata que abriu o caminho para as mortes e para a ladroagem.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO