Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Dedo médio e arminha

Dedo médio e arminha
Foto: Myke Sena/MS

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, mostrou o dedo médio para os manifestantes que protestavam contra a comitiva brasileira em Nova York.

O chefe do Itamaraty, que estava na mesma van, macaqueou-o fazendo o gesto de arminha.

A podridão moral e mental do bolsonarismo foi bem representada: o governo do sociopata, em particular naqueles dois ministérios, vilipendiou os brasileiros durante a epidemia e, em seguida, matou-os com tiros no pulmão.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO