Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mengão golpista

Mengão golpista
(Brasília - DF, 04/05/2020) Palavras do Ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. Foto: Marcos Corrêa/PR

A subalternidade do general Luiz Eduardo Ramos é constrangedora. Depois de ser chutado da Casa Civil, ele acompanhou o sociopata a um estádio de futebol e adulou-o nas redes sociais:

“Voltar ao estádio e torcer para o Mengão é uma alegria indescritível! Estamos vencendo a Covid-19. Já são mais de 125 milhões de vacinas aplicadas no Brasil, todas compradas pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. Que honra estar nesse time! Falta só a vitória do Flamengo.”

A questão não é o caráter servil do general. Isso não importa. O que importa é que uma parte da caserna, representada por Luiz Eduardo Ramos e Walter Braga Netto, rendeu-se totalmente à insanidade bolsonarista. Quando o sociopata tentar dar um golpe, essa gente vai segui-lo. Com todos os meios. E até o fim.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO