Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moro e os postes

A entrada de Sergio Moro na disputa presidencial pode mudar tudo, mas não o essencial: a necessidade de ter um plano para resgatar o país
Moro e os postes
Foto: Adriano Machado/Crusoé

“Muita coisa pode acontecer em oito meses. Com a entrada de Moro na disputa presidencial, nem as candidaturas de Lula e Jair Bolsonaro parecem tão garantidas assim. O ex-poste pode se tornar poste mais uma vez. E o sociopata talvez acabe pendurado em seu próprio poste. Mas há um fato que não vai mudar: a necessidade de oferecer aos brasileiros um caminho menos calamitoso, que não deve ser o resultado de um gesto heróico ou de um desvario psicológico, e sim de uma escolha ponderada, ajuizada. Neste momento, Moro está conversando com uma rodinha de economistas, empresários e políticos. A prioridade é essa: apresentar um plano de governo, capaz de dar respostas a uma sociedade com um presente desesperado e um futuro sombrio. Trata-se de um empenho coletivo, e não do capricho de um cavaleiro solitário.”

Assine a Crusoé (por favor) e leia aqui minha coluna completa (obrigado).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO