Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O chiqueiro do contragolpe

O chiqueiro do contragolpe
Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro

“O plano do sociopata, neste momento, é enchiqueirar todos os seus aloprados na Avenida Paulista, em 7 de setembro, e torcer para que ocorra algum incidente, possivelmente sangrento, que desencadeie uma patacoada armada. 

O saldo dessa nova tentativa de golpe, em termos puramente eleitorais, deve ser igual aos anteriores: o repúdio a Jair Bolsonaro, que atingiu 61% dos brasileiros, deve aumentar com a barbárie nas ruas. Mas nada impede que meia dúzia de agentes provocadores acabem estimulando meia dúzia de militares golpistas com meia dúzia de tanques fumacentos. A impostura sobre o ‘poder moderador’ do Exército, repisada por Augusto Heleno, é a prova de que o bolsonarismo aposta todas as suas fichas no delírio do contragolpe. 

É o maior risco que corremos: diante da certeza de derrota em 2022, o bolsonarismo pode vandalizar a democracia em 2021.”

Assine a Crusoé (bom dia) e leia o resto de minha coluna aqui (obrigado).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....