Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

O grande erro de Mourão

O grande erro de Mourão
Foto: Adriano Machado/Crusoé

“Estou PSDB”, disse Hamilton Mourão, em entrevista para Roberto Dávila, sobre o que pretende fazer em 2022. “Estou aguardando, dando tempo ao tempo”.

A blague do general esconde uma forte dose de covardia. Ele pode ironizar o fato de estar em cima do muro sobre sua candidatura no Rio Grande do Sul, que é um assunto ridiculamente desimportante, mas é uma vergonha que ele se cale a respeito dos crimes cometidos pelo sociopata durante a epidemia.

Perguntado sobre isso, ele respondeu apenas que o governo deveria ter feito uma campanha para orientar os brasileiros a respeito do combate à Covid:

“Esse foi o grande erro”.

Hamilton Mourão, que não é tonto, sabe perfeitamente que Jair Bolsonaro fez o oposto: ele promoveu uma campanha a favor do vírus, orientando as pessoas a se medicarem com cloroquina, em detrimento do isolamento social e das vacinas.

Sobre o impeachment, o general respondeu:

“Eu não vejo hoje, apesar de todas as turbulências, que em algum momento o nosso governo, e em particular a pessoa do presidente Bolsonaro, tenha atravessado aquele rubicão, aquela linha-limite de alguma atitude que seja prejudicial à nação como um todo”.

Hamilton Mourão teve a chance de atravessar o rubicão e de salvar a vida de milhares brasileiros. Ele preferiu ser PSDB.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO