Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"O Judiciário impede o desgoverno"

“O Judiciário impede o desgoverno”
Reprodução: Youtube/Foco do Brasil

Acordei com Carlos Ayres Britto.

“O Judiciário não governa, não se candidata ao voto popular, mas impede o desgoverno”, disse o ex-presidente do STF (e do TSE), entrevistado por O Globo.

Ele disse também:

“A democracia tem seus desafios, suas contestações. A democracia é um processo, e é o único sistema político realmente civilizado. Tudo o mais é barbárie. Por isso que ela só é radical em uma coisa: ela não admite alternativa, porque a alternativa teórica seria a ditadura. E ditadura não é alternativa racional, é uma barbárie, uma violência inominável. Nenhuma democracia morreu de morte morrida. Toda democracia que foi varrida do mapa, morreu de morte matada, porque há os inimigos da democracia. Os golpes já não se dão mais num piscar de olhos. Os golpes não se dão mais do dia para a noite, com tanques na rua ao amanhecer do dia seguinte. Eles se dão processualmente. Primeiro, você ataca as instituições, porque democracia é governo de instituições, não de pessoas. E os inimigos começam, aos pouquinhos, acumulando o ataque às intuições aos ataques aos agentes das instituições. Os golpes hoje se dão assim. É preciso que estejamos todos atentos aos processos contemporâneos de ataques à democracia.”

Já posso tomar meu café.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO