Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Publicitários bolsonaristas tentam se blindar no STF

Publicitários bolsonaristas tentam se blindar no STF
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

“A Calia vai ao STF para tentar barrar as quebras de sigilos telefônico, telemático, bancário e fiscal determinadas pela CPI da Covid”, diz a Folha de S. Paulo.

Contratada pela Secom, a Calia foi responsável por repassar verbas publicitárias para a rede de milicianos bolsonaristas que, durante a epidemia, empilhou mentiras e cadáveres.

Além da Secom, a Calia tem também entre seus clientes os ministérios da Saúde e da Cidadania, a secretaria de Esportes, o governo do Distrito Federal, a usina de Jirau e a Tecnisa, do empresário bolsonarista Meyer Nigri.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO