Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Quem financia a imprensa

Quem financia a imprensa
Crusoé

Para comemorar o terceiro aniversário da Crusoé, nossa equipe produziu um vídeo cheio de depoimentos importantes, exceto o meu, que é aborrecido e redundante.

O vídeo foi feito para atrair novos assinantes, mas seu propósito comercial não diminui seu valor. Ao contrário: o financiamento do jornalismo independente, como o da Crusoé – que investiga o que os outros se recusam a investigar -, é uma questão chave para a democracia.

O maior erro que cometi em minha vida profissional foi ter declarado que o modelo Google, baseado em anúncios automáticos, poderia favorecer a liberdade de imprensa, afastando o departamento comercial da área editorial. A realidade é muito mais sombria: os monopolistas tecnológicos achacam e silenciam a imprensa tanto quanto governos e empresas, decidindo o que deve e o que não deve ser publicado.

O assinante é a melhor garantia para a imprensa livre. Mas isso também é complicado. O jornalismo insubordinado, que rejeita o sectarismo, tende a se perder num ambiente que privilegia o engajamento e a torcida, como na internet. Nosso leitor é tão independente quanto nós, e não se sente compelido – ainda bem – a tirar a carteira do bolso para bancar um projeto, um partido ou uma revista. É a turma que não vai para as ruas, que não segue bovinamente um caudilho, e que permanece em casa, imunizada contra o fanatismo e a facciosidade.

Já fiz meu discurso pomposo. Se quiser, assista ao vídeo clicando aqui. Bom dia e boa semana.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO