Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

República de Mossoró

República de Mossoró
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Dois procuradores de Mossoró denunciaram Sergio Moro e a Lava Jato pelos danos que eles causaram combatendo o maior esquema de propinas de todos os tempos.

A notícia é ridiculamente desimportante, mas foi repercutida pela mais valorosa macaca de auditório de Lula na imprensa, e se espalhou rapidamente pelos outros jornais.

Ao mesmo tempo, Gilmar Mendes, que é uma espécie de procurador de Mossoró com assento no STF, salvava Flávio Bolsonaro da rachadinha e Aécio Neves do departamento de propinas da Odebrecht, enquanto Arthur Lira, que é uma espécie de procurador de Mossoró no Congresso Nacional, cassava os direitos políticos de Sergio Moro e do pessoal da Lava Jato.

Foi um dia igual aos outros na república de Mossoró, que sucedeu a república de Curitiba.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO