Categories: Brasil

República do Piauí

Reprodução/TV BrasilGov/YouTube

Ciro Nogueira, na semana passada, prometeu largar Jair Bolsonaro.

O motivo, segundo o UOL e o Estadão, que publicaram exatamente a mesma coisa, foi o aval do Ministério da Economia a um empréstimo de 800 milhões de reais para o Piauí, cujo governador, o petista Wellington Dias, é adversário de Ciro Nogueira.

Desesperado para manter o apoio do dono do PP, Jair Bolsonaro ofereceu-lhe a Casa Civil, que comanda todos os repasses governistas.

O episódio atesta o derretimento do poder do sociopata. Ele vai continuar no Palácio do Planalto até 2022, mas só porque o governo acabou.

Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Tempo de publicação: 4 minutos

Os comentários estão desabilitados