A austeridade recompensa

Estados que cumprirem o acordo de austeridade fiscal, firmado ontem com o governo, poderão ser recompensados de algum modo. O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) quer ressuscitar as contrapartidas previstas no projeto de renegociação de dívidas dos Estados.

A jornalistas, Ferraço afirmou que se deve mostrar aos governadores que “vale a pena fazer a coisa certa.” O ponto, porém, é convencer o senador Armando Monteiro (PTB-PE), relator da matéria.