A correção do teto

A correção do teto dos gastos, conforme o texto final da PEC 241, se dará pelo IPCA acumulado em 12 meses até junho do ano anterior.

A regra com base nesse período, porém, só começará a valer a partir de 2018.

Para o ano que vem, a correção seria de 7,2%, percentual da inflação esperada para este ano e usada como referência na LDO já enviada ao Congresso.

Faça o primeiro comentário