A demissão de Graça Foster

Dilma Rousseff mandou sua assessoria de imprensa vazar para a Folha de S. Paulo que ficou “enfurecida” com o cálculo de 88,6 bilhões de reais de prejuízo da Petrobras apresentado por consultorias independentes durante a reunião de conselho da companhia. Ela disse que a conta foi feita de forma “amadora”. 

Os assessores do Palácio do Planalto vazaram também que Dilma Rousseff teve uma conversa telefônica “duríssima” com Graça Foster e que o plano de mantê-la no comando da estatal, ainda que sob a tutela de Henrique Meirelles, foi abortado.

Que Dilma Rousseff possa pensar em ensinar alguém a fazer contas é uma verdadeira extravagância. Mas o fato é que Graça Foster, na prática, já está fora da Petrobras. Ela foi demitida por meio de um artigo de jornal.


Máscara de Graça Foster: ela não dura até o Carnaval

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200