Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A desmelhora da economia

Quando Bolsonaro assumiu, o IPCA acumulado dos 12 meses anteriores era de 3,75%. Agora, está em 8,06%, taxa similar à de setembro de 2016, após o impeachment de Dilma
A desmelhora da economia
Reprodução/Facebook/Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro recebeu a Selic em janeiro de 2019 a 6,5% e o mercado de juros já projeta a taxa em 7,5% em janeiro de 2021.

Quando ele assumiu a Presidência, o IPCA (12 meses) era de 3,75%. Agora, está em 8,06%, taxa similar à de setembro de 2016, logo após o impeachment de Dilma Roussef.

“Desmelhorou bem”, comenta Pedro Cerize, dono da casa de relatórios financeiros Inversa.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO