A imprensa dá voz ao teatrinho de Graça e Dilma

Como O Antagonista imaginou, já começa a circular a “notícia” de que, na reunião com Dilma Rousseff, Graça Foster considerou que “o seu ciclo estava esgotado e que o melhor será o afastamento”, como escreveu Cristiana Lôbo no G1.  Ou seja, apesar de não ter qualquer conexão com a realidade, o teatrinho de que foi ela a pedir demissão está sendo encenado ao público ignaro. Agora, para completar a peça antecipada aqui, só falta “noticiar” que a presidente, “contrariada” ou “consternada”, aceitou a demissão e pediu para ela ficar até o final do més.
Às vezes, o jornalismo não tem a menor graça.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200