A nova musa de Temer

Michel Temer encontrou alguém em quem se inspirar para defender o ajuste fiscal: Margaret Thatcher, a primeira-ministra britânica que, nos anos 80, promoveu uma verdadeira faxina na máquina pública do Reino Unido.

Em cerimônia no Palácio do Planalto, hoje, Temer lembrou que Thatcher defendia que “o dinheiro público nasce do dinheiro privado, precisamente dos tributos.”

Por isso, um Estado que gasta muito está, no fundo, torrando o dinheiro privado de seus cidadãos.

Faça o primeiro comentário