A PEC do Teto e o desemprego

Henrique Meirelles, ao falar com a imprensa na saída da reunião sobre a PEC 241, reforçou o que analistas têm dito: o desemprego ainda vai aumentar.

Ao defender a proposta do limite de despesas, o ministro da Fazenda voltou a dizer que foi justamente o descontrole nos gastos que levou o Brasil à recessão e aos “12 milhões de desempregos, com perspectiva de aumentar um pouco, até que a economia se recupere”.

A aprovação da PEC ajudará a conter o desemprego.

Faça o primeiro comentário