A Petrobras é para trouxas

Enquanto Luiz Inácio Lula da Silva fazia o seu “ato em defesa da Petrobras” na outrora respeitável Associação Brasileira de Imprensa, o mundo real seguia o seu ritmo implacável, como demonstra a Moody’s.

Só trouxas compram papéis da Petrobras: esse é o recado da agência de classificação americana, que acabou de rebaixar a nota da empresa para o grau especulativo, por causa dos escândalos de corrupção, da falta de transparência na divulgação das suas perdas e da tibieza do governo em enfrentar o problema. A nota da Petrobras foi rebaixada em dois degraus de uma só vez, algo muito raro. Passou para Ba2. O relatório da Moody’s aponta para outro rebaixamento em breve.

O governo de Dilma Rousseff, no entanto, confia em Aldemir “Val Marchiori” Bendine para levantar a empresa.

Faça o primeiro comentário