ACESSE

"A revisão dos nossos ativos foi um banho de sangue", diz presidente da Petrobras

Telegram

Em uma videoconferência promovida por um banco, nesta terça-feira, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, falou em “banho de sangue” ao tratar da revisão de ativos da empresa no primeiro trimestre deste ano.

Foram reavaliados, no total, R$ 65,3 bilhões em ativos da estatal — dos quais R$ 57,6 bilhões em campos produtores em águas rasas e profundas.

Como noticiamos na semana passada, a Petrobras registrou um prejuízo de R$ 48,523 bilhões no primeiro trimestre.

“A revisão dos nossos ativos foi um banho de sangue, mas foi necessária”, afirmou Castello Branco.

Ele disse ainda:

“Vemos a alta do petróleo de forma cautelosa. Pode haver uma segunda onda [na pandemia da Covid-19]. A gente não pode eliminar do painel de risco essa possibilidade. […] Nós pretendemos continuar a manter, apesar de todas as dificuldades, uma colcha de liquidez e evitar a queima de caixa, para chegar [ao fim do ano] com uma dívida de US$ 87 bilhões. Manter a dívida constante vai ser uma vitória.”

Em entrevista exclusiva a O Antagonista, no fim de abril, Castello Branco disse que a Petrobras “não vai quebrar” (releia e assista aqui).

Leia também: Bolsonaro, sobre a PF: "Vou interferir. Ponto final"

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários