Acorda, Brasil

A “segunda-feira negra” na bolsa de valores de Xangai alastrou-se rapidamente: o Nikkei perdeu 4,61%, o barril de petróleo está perto dos 39 dólares, o rublo despencou.

A opinião unânime dos comentaristas econômicos, hoje, é que os países emergentes vão sofrer muito mais do que os outros, em particular o Brasil.

O Financial Times publicou uma tabela mostrando quais são os países mais periclitantes, e o Brasil está em primeirão:

A Bloomberg alertou para o risco de queda das moedas mais frágeis, e o real está entre elas:

Faça o primeiro comentário