Ainda em estado terminal

Uma semana após rebaixar o Brasil para o último nível do grau de investimento, a Moody’s afirmou que o pior momento da economia ficou para trás. Para a agência de classificação de risco, o fundo do poço foi o segundo trimestre, quando muitos projetos teriam sido suspensos, à espera do que aconteceria com a Petrobras. De qualquer modo, a Moody’s piorou a estimativa de queda do PIB em 2015 de -1% para -2%. Para 2016, a expectativa é oscilar entre -0,5% a 0,5%. Se o pior ficou para trás, o melhor ainda não despontou no horizonte.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200