Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Aneel: aumento de 21% na conta de luz é 'estimativa preliminar' baseada em 'cenário hipotético'

Agência destaca "medidas de atenuação tarifárias que serão implementadas em 2022"
Aneel: aumento de 21% na conta de luz é estimativa preliminar baseada em cenário hipotético
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Aneel afirmou nesta sexta (12) que uma estimativa de aumento na conta de luz de 21% em 2022 corresponde a “estimativas preliminares baseadas em cenários hipotéticos”.

Embora não cite diretamente, a nota da Aneel à imprensa foi uma resposta a reportagem veiculada pelo Estadão. O jornal revelou um documento interno da agência que prevê esse aumento.

“A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL esclarece que as informações veiculadas em reportagens publicadas nesta sexta-feira (12/11) sobre aumento na conta de luz em 2022 correspondem a estimativas preliminares baseadas em cenários hipotéticos que ainda não consideram as medidas de atenuação tarifárias que serão implementadas em 2022”, diz a nota.

“O Brasil no último período úmido registrou o pior regime de chuvas dos últimos 91 anos. Em razão desse cenário adverso, para compensar o baixo nível dos reservatórios com a falta de chuva, têm sido utilizados todos os recursos de oferta de energia disponíveis e foram tomadas medidas excepcionais para assegurar o suprimento de energia no País.

A ANEEL salienta que, no exercício de sua competência legal de regular o setor elétrico brasileiro, em observância às políticas públicas emanadas do Ministério de Minas e Energia – MME, tem envidado esforços para atenuar os impactos da escassez hídrica nos processos tarifários de 2022, a exemplo de todos os esforços que foram empreendidos nos anos de 2020 e 2021 e que permitiram que os impactos da pandemia no aumento das tarifas fossem significativamente reduzidos, em prol de toda a sociedade brasileira e da sustentabilidade do setor elétrico”.

Leia tambémGoverno prepara malabarismo para baratear conta de luz em 2022

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....