Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Arrecadação federal sobe 18,49% e Guedes convoca coletiva de imprensa

Arrecadação federal sobe 18,49% e Guedes convoca coletiva de imprensa
Superintendência da Receita Federal, em Brasília.

A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 137,9 bilhões em março, alta de 18,49% em relação ao mesmo mês de 2020.

O dado recorde — o maior aumento para o mês de março desde o início da série em 1994 — foi divulgados pela Receita Federal (Leia a íntegra).

No 1º trimestre, a arrecadação chegou a R$ 450,3 bilhões, crescimento de 5,64%.

Segundo a Secretaria Especial da Receita Federal, as arrecadações extraordinárias de IRPJ/CSLL (R$ 4 bilhões) influenciaram a arrecadação de março, assim como o crescimento de 66,89% do ajuste do IRPJ/CSLL recolhido no mês. E ainda o crescimento real de 50,2% da arrecadação dos tributos sobre o comércio exterior.

 

Destaque para o comportamento das principais variáveis macroeconômicas e para a alta obtida com notas fiscais eletrônicas, de 29,21% em termos de valor e de 29,09% em termos de volume.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
>
TOPO