As incertezas pesam

O Índice de Confiança do Comércio recuou 3,8 pontos de janeiro para fevereiro.

A percepção dos empresários sobre o momento presente, medido pelo Índice de Situação Atual, caiu 1,4 ponto, indo para 93,2 pontos.

E o Índice de Expectativas, que mede a confiança nos próximos meses, recuou 6,1 pontos, ficando em 106,8 pontos.

Segundo a FGV, uma recuperação das vendas de maneira mais intensa ainda depende da melhora expressiva do mercado de trabalho e da redução dos níveis de incerteza.

Bolsonaro Tem Até 29/3 Para Salvar a Sua Aposentadoria. SAIBA MAIS

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Hudson disse:

    Fevereiro está horroroso,vendas fracas.

Ler comentários
  1. Renato disse:

    A desconfiança vem da classe política, que faz de tudo para postergar a reforma da previdência, ou criar obstáculos. Preferem afundar seus Estados e o Brasil, junto. Dêem pronunciamento pela refo

  2. jc.pompeu disse:

    Desconfiança geral: o pobrema é que os pobremas de governo e do estado brasileiro nunca são resolvidos de modo diligente, zeloso, republicano: eles somente são substituídos por outros pobremas.

    1. ...por outros pobremas de foro íntimo privativo.