As “reformas necessárias”

A próxima semana será crucial (mais uma) para o governo de Michel Temer.

Saberemos se os escândalos políticos comprometerão ou não o ajuste fiscal — se sim, o país caminhará para um choque inflacionário e a recuperação da economia poderá ir de vez para o saco.

O Estadão elencou as reais “reformas necessárias”:

Faça o primeiro comentário